Comunidade Imaginada

:: coisas da antropologia ::

Os Ismos…

Ismos e ismos e ismos. Cada um por si. Cada um por todos. A dualidade incoerente à analise dos nossos olhos. A sua eternidade. A coesão dos sentidos. Os ismos, os ismos, que nos constroem e nos explicam. A tentativa frustrada de mergulhar na origem através da denominação de factos que nos são “superiores” na medida em que estes se estendem para além na nossa vida. Os ismos, os ismos. Esquecer o significado da liberdade de conceito e contextualização da explicação, esquecer. Os ismos, os ismos com que nos querem aprisionar.   SC

No comments yet»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: